Pen Drive

 

Memória USB Flash Drive, também designado como Pen Drive (muito com apelido de “PenPen”), é um dispositivo de armazenamento constituído por uma memória flash tendo uma fisionomia semelhante à de um isqueiro ou chaveiro e uma ligação USB tipo A permitindo a sua conexão a uma porta USB de um computador. As capacidades atuais, de armazenamento, são 64 MB, 128 MB, 256 MB, 512 MB, 1 GB a 64 GB. A velocidade de transferência de dados pode variar dependendo do tipo de entrada:

USB Flash Drive, também designado como Pen Drive é um dispositivo de armazenamento constituído por uma memória flash e uma interface USB. (Também existem os leitores USB de cartôes de memória, esses no entanto não possuem uma memória interna, utilizando um cartão de memória).

 

Oferecem vantagens potenciais com relação a outros dispositivos de armazenamento portáteis, particularmente o disquete. São mais compactos, rápidos, têm maior capacidade de armazenamento, são mais resistentes devido a ausência de peças móveis. Adicionalmente, tornou-se comum computadores sem drives de disquete. Portas USB por outro lado, estão disponíveis em praticamente todos os computadores pessoais e notebooks. Os drives flash utilizam o padrão USB mass storage (“armazenamento de massa USB” em português), nativamente compatível pelos principais sistemas operacionais modernos como Windows, Mac OS X, Linux, entre outros.

Em condições ideais as memórias flash podem armazenar informação durante 10 anos.

Utilização 

Para ter acesso aos dados armazenados no drive flash, o mesmo deve estar conectado ao computador, tanto diretamente plugado ao mesmo quando a um hub USB. O drive fica ativo apenas quando ligado à porta USB e obtém toda a energia necessária através da corrente fornecida pela conexão. Alguns drives no entanto, especialmente os modelos de velocidade mais alta, podem necessitar de mais energia que o fornecido pelo hub USB, como os disponíveis em teclados e monitores (ecrãs em Portugal). Estes modelos somente funcionam quando ligados diretamente ao computador ou a um hub ligado à energia elétrica.

Em computadores com sistema operacional Windows XP ou com as versões recentes do Linux ou MacOS, os flash drives são reconhecidos automaticamente como dispositivos de armazenamento removível. Em sistemas operacionais mais antigos (como o Windows 98), é necessário instalar um pacote de software denominado “driver”, específico para o dispositivo utilizado, que permite ao sistema operacional reconhecê-lo. Há alguns “drivers” anunciados como genéricos ou universais para Windows 98, mas nem sempre funcionam perfeitamente com qualquer dispositivo.

Alguns modelos podem reproduzir música MP3 e sintonizar Rádio FM. Em contrapartida, são um pouco mais caros, volumosos e pesados, por utilizar uma pilha (geralmente no tamanho AAA), ou bateria interna. Vale salientar que esses modelos já podem ser “classificados” como MP3 Player ou S1 MP3 Player.

Componentes

Um flash drive consiste de uma pequena placa de circuito impresso protegido tipicamente por um wikt:invólucro de plástico ou metal. O que o torna resistente o bastante para ser carregado em um bolso. Apenas o conector USB fica exposto – muitas vezes protegido por um tipo de capa – ou então é retrátil, sendo recolhido para dentro do corpo do drive. A maioria dos dispositivos usa o conector padrão USB tipo-A permitindo que sejam conectados diretamente à porta de um computador pessoal.

Componentes essenciais

Existe normalmente quatro partes de um drive flash:

  • Conector USB macho do tipo A – Interface com o computador.
  • Controlador USB Mass Storage – Implementa o controlador USB e disponibiliza uma interface linear e padronizada (pelo próprio padrão USB). O controlador contém um microprocessador RISC e uma quantidade (em geral reduzida) de memória ROM e RAM embutida.
  • NAND flash – Armazena a informação, o mesmo tipo de memória é usado em câmeras digitais
  • Oscilador de cristal – Produz um sinal de relógio com 12 MHz, que é usado para ler ou enviar dados a cada pulso.

Componentes opcionais

Alguns drives podem também incluir:

  • Jumpers e pinos de teste – Para testes durante a sua produção.
  • LEDs – Que indicam quando se está a ler ou a escrever no drive.
  • Interruptor de modo de escrita – Para que não se possa apagar ou gravar algo no dispositivo.
  • Reconhecedor de impressão digital – Para que nenhuma pessoa não autorizada utilize o dispositivo.
  • Capa de proteção dos conectores – Evitam que os contatos do dispositivo se sujem ou oxidem.

Agora que você já tem informações suficientes sobre Pen Drive, escolha o modelo que mais lhe agrade.:

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: