Cientista japonês ganha clone robótico


Robô tem mesma aparência do pesquisador responsável por sua criação.
Cientista pode conversar com pessoas através do robô, que capta sons e imagens.

O cientista japonês Hiroshi Ishiguro, da Universidade de Osaka, realizou um antigo sonho dos seres humanos: estar em dois lugares ao mesmo tempo. Para isso, ele desenvolveu o robô Geminoide, que reproduz a aparência do pesquisador. A máquina (à direita na imagem) tem 50 sensores e motores para realizar movimentos faciais e “respira” quando recebe doses de ar comprimido.

Ishiguro controla o humanóide com um controle remoto e sensores presos ao seu corpo — se o humano mexe seu pescoço ou mãos, por exemplo, a máquina repete seus movimentos. O cientista também pode ter a mesma visão que o robô, quando acessa em seu monitor imagens captadas por uma câmera posicionada nos “olhos” da máquina.

“Eu não vejo diferenças entre uma pessoa conversar diretamente comigo ou falar comigo através do Geminoid. E, curiosamente, quando alguém toca o corpo do robô, eu me sinto tocado”, disse Ishiguro. “A princípio, o robô pode lhe passar uma sensação estranha. No entanto, quando você começa a conversar com ele, esquece as diferenças e se sente confortável para olhar nos seus olhos.”

Com uma grande expectativa de crescimento da população japonesa, muitos laboratórios trabalham no desenvolvimento de humanóides que podem trabalhar como funcionários domésticos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: