Manchas na pele



Nós moramos num país tropical onde a cultura da pele bronzeada é uma coisa saudável, bonita, descolada. As pessoas não sabem ou se esquecem que o sol emite uma radiação ultravioleta, que causa danos a longo prazo, como envelhecimento da pele, manchas, rugas, algumas queimaduras e até câncer de pele.

Os raios ultravioleta penetram na pele e chegam aos melanócitos, as células que produzem a melanina, substância responsável pela pigmentação da pele. Quanto mais sol, maior o número de malanócitos e de melanina, o que dá origem às manchas.

Existem quatro tipos mais comuns de manchas provocadas pelo sol: Sardas: são manchas pequenas que geralmente ocorrem na infância e adolescência em pessoas com pele mais clara. E escurecem mais quando se toma sol. Melanoses: são manchas maiores, de cor castanha, provocadas pelo acúmulo de radiação do sol. Aparecem nas mãos, braços e rosto. Melasmas: são manchas que algumas mulheres têm por causa da gravidez ou depois de tomar hormônios. Aparecem principalmente no rosto e pioram muito com o sol. Manchas Brancas: comuns depois dos 30 anos, são causadas por excesso de sol. Nesse caso, os melanócitos sofrem alteração e deixam de produzir a melanina.

Tratamento
O fator básico de tratamento das manchas é o protetor solar. É preciso ser usado diariamente e não somente na praia e reaplicado de duas a três vezes e quando estiver no sol, na praia ou na piscina, a cada duas horas. O filtro diminui a produção de melanina, o que ajuda no controle das manchas.

Despigmentantes: a forma de tratamento mais barata para as manchas de sol. São substâncias que produzem o clareamento da pele de maneira química. Podem ser formuladas ou compradas prontas. O paciente usa em casa, à noite.
Peeling: para quem quer um resultado mais rápido, porém é mais caro. É aplicado um ácido que descama a pele e ameniza as manchas. Só é eficiente nas manchas superficiais.
Laser fracionado: a técnica utiliza micropontos, preservando a pele normal e levando a uma recuperação rápida, cerca de três a quatro dias.

Dra Priscila Krook, dermatologista

2 Respostas

  1. Não conhecia a Plataforma Virtual tão bem assim. Adorei a versatilidade dos temas aqui tratados. Bjos!

  2. Que bom que gostou Chris.
    Aqui, eu coloco de tudo um pouco.

    beijos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: